Luís Oliveira tem 21 anos, é natural de Mação e ali reside, tal como a maior parte da sua família. Terminou há pouco tempo o curso de Animação e Videojogos na ETIC, em Lisboa, de onde surgiu o jogo educativo «Chama», que pretende sensibilizar os mais jovens para o tema dos incêndios e a forma perigosa e destrutiva com que invadem e prejudicam as vidas das comunidades que assolam.

LER MAIS: JN