Um simples incidente pode ser desastroso para algo tão vital como a cadeia de abastecimento, como vimos com o bloqueio do Canal de Suez, alerta um recente estudo da Euralarm.

A essência da cadeia de abastecimento é dar às empresas a certeza de que as matérias-primas e os componentes estão disponíveis para produzir os bens finais.

A pandemia resultou em bloqueios, e numa elevada procura como resultado da digitalização juntamente com a recuperação económica. Isto significou que esta certeza é posta em causa.

Quando os fabricantes procuram materiais e componentes alternativos, podem enfrentar uma recertificação dos seus produtos, ou não podem ser lançados novos produtos desenvolvidos.

Como resultado disto, os produtos existentes devem permanecer mais tempo disponíveis. O mercado da segurança contra incêndios e da segurança é altamente dependente da electrónica e com isso a indústria é afectada pela crise da cadeia de abastecimento.

LER MAIS: Security Magazine